• 19/04/2024

    Evitando desperdício, Fumacense Alimentos aposta no arroz para cães

    Grãos que não se enquadram nos critérios de qualidade da indústria, por conta da cor e formato, são utilizados no produto destinado aos pets

    O arroz, considerado um alimento fonte de energia, é comumente associado à alimentação humana. No entanto, em proporções diferentes, o cereal também serve como complemento para os cães, uma vez que fornece macronutrientes para uma alimentação mais saudável, se adicionado às tradicionais rações. No caso da Fumacense Alimentos, a indústria cerealista com sede Morro da Fumaça (SC) encontrou no produto uma forma de não desperdiçar nenhum de seus grãos beneficiados.

    Com isso, a empresa possui um ciclo de produção fechado, uma vez que utilizam todo o cereal que vem da lavoura. No caso do Arroz Boby, os grãos que não se enquadram nos critérios de qualidade exigidos pela empresa, que utiliza a seleção eletrônica para entregar o alto padrão exigido pelos consumidores, são destinados à sua produção.

    Conforme explica a gerente industrial da Fumacense Alimentos, Lilian Tiscoski, os cereais que compõem a linha pet são aqueles que possuem uma coloração, tamanho ou fermentação diferentes das tradicionais que, por sua vez, compõem os produtos das marcas Kiarroz, Campeiro e Vilarroz.

    Os benefícios

    Ao escolher alimentar o animal de estimação com o Arroz Boby, o dono opta por uma refeição natural, livre de aditivos químicos e conservantes que são muito comuns em rações tradicionais. Lilian ressalta que, embora o arroz não seja um alimento completo para cães, funciona como um complemento nutritivo.

    "Essa opção se destaca ainda mais quando comparada à algumas rações secas que incluem arroz moído como fonte de carboidratos. Assim, mesmo com uma coloração diferente, o que o animal consome é só arroz e não tem nada de mais natural do que este produto”, enfatiza.

    Como incrementar na alimentação do cão?

    Inicialmente, alguns cachorros podem recusar o arroz, seja por estarem acostumados apenas com a ração ou devido ao tradicional sabor neutro. Por isso, a gerente industrial indica que, para aqueles que querem introduzir algo diferente, o ideal é acrescentar uma proteína ao prato, como frango ou carne.

    “É importante ter uma quantidade adequada de proteína na alimentação do cão. Para conter sabor, é possível adicionar um frango cozido ou uma carne misturada com o arroz, ou até mesmo o caldo do próprio cozimento do frango que serve para cozinhar o Boby e incrementar este sabor no cereal”, aconselha Lilian.

    Além dessas dicas, ela reforça que não se deve acrescentar sal ou temperos na preparação do arroz para os cães. Além disso, por ser um grão, os tutores também devem ficar atentos ao ponto de cozimento. Como é um alimento rico em carboidrato, ele pode ser ingerido todos os dias pelo cachorro, como complemento à alimentação.

    Já no que diz respeito à quantidade, a variação acontece dependendo do porte, pelagem e pesagem do animal. Por esta razão, é indicado dar ao cãozinho os dois alimentos, a ração e o arroz – sempre acompanhado de uma fonte de proteína.

    Outras formas de sustentabilidade

    Além de aproveitar o arroz que não passa pelos critérios de qualidade para o consumo humano, a Fumacense Alimentos também possui outras ações que contribuem para o meio ambiente, reforçando seu DNA sustentável. “Hoje, não descartamos nada, até mesmo a casca de arroz. Temos uma usina termelétrica e utilizamos esse rejeito para gerar nossa energia. O Arroz Boby foi mais uma das formas que encontramos de cuidar da natureza e não desperdiçar um alimento tão essencial”, destaca a gerente industrial.

    VOLTAR
  • Assuntos relacionados:

    Relacionados:

    Imagem da notícia

    28/05/2024

    Fumacense Alimentos investe em ampliação de Estação de Tratamento de Água

    Leia Mais
    Imagem da notícia

    15/03/2024

    Não há idade para aprender: Fumacense Alimentos segue investindo na educação dos colaboradores

    Leia Mais
    Imagem da notícia

    10/02/2024

    Para vegetarianos e veganos, papel do feijão na alimentação é ainda mais importante

    Leia Mais